Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘espiritualidade’

Comecei a ler o livro sem muitas expectativas.. pensei que o autor seria mais uma dessas personalidades que absorvem alguns conceitos do ocultismo e da espiritualidade e já se consideram mestres. Pobres são estes, engolidos pelo próprio Ego.Porém, Paul Brunton felizmente não caiu nesta armadilha, pelo menos neste livro (não li outros ainda).

Bom, nesse 2011 já começo com muito material para escrever aqui para vocês. No próximo post contarei um pouco da minha experiência num Ashram Hare Krishna, onde estive nessa passagem de ano. Minha história lá e a percepção de alguns capítulos do livro Um eremita no Himalaia se confudem. Pude apreciar desta literatura deitada na rede, praticando o ócio saudável das reflexões, em meio à bela natureza de Teresópolis – RJ.

Voltando para o livro, ele é basicamente o relato de um retiro espiritual que o autor fez no Himalaia, que hospedou-se num bangalô somente com a companhia de um criado. Imerso em meditações, tece comentários sobre suas vivências lá, a realidade do Tibete da época, hinduísmo e budismo.

Logo no primeiro capítulo, podemos nos deparar com o seguinte parágrafo:

Melhor do que tudo, já se teve o prazer de reencontrar velhos amigos e novas amizades. É bem verdade que um homem que baseia suas amizades na afinidade espiritual e não nos vínculos de interesse nem nas ligações mundanas, não pode esperar contá-las em grande número, pois os ditames do Eu Superior têm de ser obedecidos e os diferentes graus de compreensão (e, como frequentemente me é dado observar, de incompreensão) propriamente ditos erguem barreiras intransponíveis entre aqueles a quem Deus não uniu no prazer da amizade.

É realmente difícil encontrar amizades assim, com esse vínculo superior. Conheço histórias de grupos realmente integrados em objetivos espirituais,  como cavaleiros de uma távola contemporânea, mas sinto que agora são somente passado… O que nos tem impedido de realizar esse tipo de união, mesmo que com esse número reduzido de pessoas?

Descrição do livro no Skoob (rede social de leitores): http://www.skoob.com.br/livro/35814

Haribol!! =]

Read Full Post »

Mario Roso de Luna.. Grande Sábio! Vejam:

“Em artigo que escreveu para ‘El Liberal’, de Madri, transcrito, na época, em Dhârânâ, assim se expressava:

‘O messianismo foi sempre o achaque dos débeis, que esperam de um enviado a redenção que lhes há de vir de si mesmos. Prometeu, encadeado, espera por Epimeteu Libertador, na tragédia de Ésquilo. Os hebreus esperavam um rei. Na Idade Média esperou-se também pelo Cristo. E o Cristo que veio, foi na Renascença, na qual ARTE E CIÊNCIA SE EMANCIPARAM DO JUGO RELIGIOSO que as oprimia’.

E quando interpelado sobre o papel de Krishna, Buda, Jesus, etc. respondeu o seguinte:

‘Foram seres superiores que pregaram doutrinas eficazes para que os homens de sua época (como os de hoje, dizemos nós) se redimissem por si mesmos (“Faze por ti, que Eu te ajudarei”, repetimos nós). Nenhum deles fundou a religião confessional que se lhes atribui. Quem fundou todas elas foi o imperialismo psíquico de seus pretensos discípulos, que, escravos do inerte dogma que criavam, esqueceram que religião não é crença, mas, a dupla ligação de fraternidade entre os homens segundo sua etimologia latina (sim, do religo, religare ou religar, religião, tornar a ligar ou unir, etc)’ ”.

Read Full Post »